erros-comuns-de-empreendedores-iniciantes

5 erros comuns cometidos por empreendedores iniciantes

Falhar, pode ser uma experiência bastante dolorosa, ou não! Vai depender de sua postura em relação ao seu fracasso. Lamentar-se ou culpar aquele ou aquela não irá lhe agregar de forma alguma, no entanto se procurar entender e aprender com seus erros, isso sim, irá lhe engrandecer e fazer com que amadureça e tenha ainda mais forças para continuar seu trabalho e ser bem sucedido.

Confira agora 5 erros comuns cometidos por empreendedores iniciantes e como pode aprender com eles.

Este artigo é complementar de 5 dificuldades comuns enfrentadas por empreendedores de primeira viajem.

1 – Falta de planejamento

Não planejar é como querer construir uma casa e colocar tijolo sobre tijolo de forma aleatória, a não ser que você seja um ninja da construção civil, são grandes as chances que uma imensa catastrofe aconteça. Planejar é pensar nas ações futuras de forma inteligente, continuando no exemplo da casa, para que ela seja construída é preciso de etapas, prazos, recursos e etc…

Empreender tem muito a ver com planejar, para que suas ideias tomem forma e sejam concretizadas, pois quando se deixa de somente sonhar e começa-se a planejar e agir você irá perceber que o Universo vai começar a conspirar ao seu favor.

 

2 – Não ter foco

Quer sabotar seu sonho de empreender, não tenha foco e fará isso. Estudos dizem que para que algo seja realizado, sejam construído, 70% deve-se a ação, do ato de levantar (ou sentar) na cadeira, arregaçar as mangas e agir, criar, aprender. Não ter foco impede suas ações, ou pelo menos parte dela. Imagine que você vai vender cupcake pela intenet, aquele docinho que da pena comer de tão bonito que é, e para isso precisa estudar o mercado, fazer os cupcakes, definir a logistica e criar estrategias para venda… mas também quer criar campanhas de marketing, videos para youtube, parcerias com outras empresas, ver o jogo do corinthians, criar o branding, ver o facebook e milhares de outras coisas, se não tiver foco, o sonho de empreender, bom, vai ser só sonho mesmo.

Não é preciso técnicas absurdas para tornar-se mais focado, ações simples como a criações de listas de tarefas como do trello, planejamento de horário e criar hábitos podem lhe tornar uma pessoa mais focada.

 

3 – Não ter uma referência / mentor

Tenha sempre pessoas como referências na sua vida, pode ser seu pai, um personagem ou aquele amigo que você admira, se existe alguém que te inspira, que te faz ter forças para ir para a cama as três da magrugada e acordar às sete da manhã, torne-a uma referência para sua vida ou para seu trabalho. Ter referências pode te ajudar a crescer, tanto como profissional e como pessoa, pois ter referências é como estabelecer alguns marcos de onde quer chegar naquele momento, por exemplo, tenho duas fortes referências pessoais e profissionais ao meu lado, dois de meus sócios (@hugopastel e @qiinho), onde em um tenho como referência a postura e a comunicação, enquanto no outro a criatividade. Referências ou mentores podem mudar com o tempo, de acordo com o seu crescimento ira perceber que as pessoas que você se espelha vão mudando, isso é bom, pois vai criar novos desafios para sua vida e para sua carreira.

 

4 – Não ter um protótipo

Protótipos não são como trabalhos de feiras de ciência que faziamos na quinta série, onde tentavamos moldar algumas de nossas ideias da maneira que pudéssemos… Um protótipo é materializar o mínimo que seu projeto abrange, de uma forma usual, onde as pessoas possam perceber seu potencial, entender seu funcionamento e testa-la. Esse ponto pode ser ainda mais decisivo se sua área for tecnologia, ter um protótipo ou um modelo palpável do que é sua ideia, produto ou serviço torna muito mais assertivo quais serão as próximas decisões, pois com um protótipo é possível identificar problemas melhorias ou até mesmo identificar se o projeto é viável ou não.

Se você pesquisar sobre MVP – Minimum Viable Product ou Produto Mínimo Viavel, que seria o núcleo de sua ideia, por exemplo, você tem a ideia revolucionária de criar uma rede social de fotografias com filtros descolados (vulgo Instagram), que terá milhares de funcionalidades, aplicativos, podera ser acessado de n lugares e zaz, zaz e zaz… Seu MVP será concentrado no principal, no que agrega valor, no caso, “em perfis de pessoas com murais de fotos interconectados com opção de filtros nas fotografias, e suas forças tem de ser concentradas nisso, e que provavelmente poderão servir de base para todo o projeto.

Além disso, um protótipo pode ajudar e muito a conseguir investimentos, acredite, nada faz brilhar mais os olhos de um investidor de que um protótipo, para que ele possa ter o feeling da coisa.

 

5 – Não se subestime

Em minha opinião, este é o pior dos erros que pode ser cometido por qualquer empreendedor, o fato de subestimar-se limita todo o incrível potencial que sua ideia pode ter, você pode se pegar perguntando “será que vou dar conta…”, e acredite, você tem a resposta para isso, e caso não se lembre a resposta é SIM, você consegue, você é capaz de materializar suas ideias em grandes empreendimentos, em coisas incríveis que podem mudar o mundo. Não se questione sobre o tamanho de seu negócio, e se em um dado instante você pense não ter recursos o bastante, então mova-se, reinvente-se, crie e recrie, supere-se e inspire as pessoas a sua volta, em momento algum deixe que as pessoas desanimem você, ou até você mesmo, não se permita subestimar-se, e quando isso acontecer prove a si o contrário.

Se você tem uma ideia que pode melhorar a vida das pessoas, ou solucionar aquele problema que parece sem solução, não perca tempo, invista nisso, mesmo com todas as dificuldades e erros que pode cometer, posso te afirmar com muita propriedade, seu caminho nem sempre será de luz, mas a cada passo você se tornará mais forte e mais completo. Talvez pareça utópica as palavras acima, mas empreender também é isso, é muito de sonhar e mais ainda em trabalhar para realizar esses sonhos.

 

Eu tenho cerca de dois anos e meio que me dedico totalmente a meu próprio negócio, passei por momentos difíceis e aprendi bastante com eles, hoje trabalho ao lado de pessoas excepcionais, únicas, que me incentivam a pensar frenéticamente para todos os dias “reaprender” a empreender e fazer o negócio crescer.

Se você é empreendedor ou deseja empreender, deixe um comentário, não sou nenhum guru dos negócios, mas podemos trocar experiências 🙂