futuro-do-html-5

O futuro do HTML5

No início do ano, o Mobile World Congress, em Barcelona, na Espanha, reuniu um grupo de gigantes para impulsionar a linguagem. Mozilla, Microsoft, Apple e outras mais que também fazem parte do consórcio mundial de padrões da web,W3C, querem a popularização da linguagem. O especialista em web desenvolvimento do grupo no Brasil, Reinaldo Ferraz, dá uma boa explicação para tanto interesse: “o primeiro ponto é porque o HTML5 é um padrão aberto e gratuito”.

O formato já é amplamente usado em dispositivos móveis, principalmente os que possuem sistema operacional iOS, já que os primeiros tablets da Apple não suportavam Flash. Desde então, muitos colocaram o novo HTML como rival da linguagem da Adobe, ou aquele que finalmente conseguiria extinguir o Flash de vez. Para Ferraz, a competição não existe: “Eu não os consideraria como rivais. Acho que são duas tecnologias distintas. O HTML5 não veio para matar o Flash, mas para trazer novas funcionalidades”. Aos poucos, a linguagem foi sendo cada vez mais participativa. A maior parte dos navegadores que não suportavam o novo formato, hoje já apoia o HTML5.

Jogos famosos como o Cut the Rope já são totalmente feitos em HTML5, e estão disponíveis para smartphones e computadores. Até o site de compartilhamento de vídeos, YouTube já disponibiliza um suporte ao HTML5 para os seus players de vídeo. A linguagem facilita no suporte à vídeos em alta resolução que estão cada vez mais populares na internet. Pelo mesmo motivo, o Vimeo, que é outra página de vídeos, também passou a aproveitar o novo formato.

Leia o artigo completo em: http://www.imasters.com.br/

Compartilhe com sua rede favorita!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •