site-responsivo-e-necessidade

Design Responsivo – A nova nescessidade dos desenvolvedores web

Estamos em uma nova era: A era da mobilidade.

Um mundo que dificilmente vive sem a tecnologia e seu constante avanço. Provavelmente neste momento alguém ou alguma empresa esteja criando um novo produto ou serviço para o mercado que faça uso da tecnologia digital.

Uma das tecnologias mais utilizadas recentemente é a dos dispositivos móveis, tais como celulares com Android, iOS, os smartphones, tablets, etc. Temos milhares de dispositivos mobiles que são indispensáveis em nossas vidas cada dia mais atarefadas, dinâmicas e recheadas de interatividade.

Com estes aparalhos temos o acesso fácil e barato à internet, porém, dependendo do dispositivo que utilizamos e o site que estamos acessando, não é possível ter uma boa visualização do conteúdo do mesmo, pois alguns sites não são adequados para certas resoluções de tela.

Para resolver este problema, surgiu a necessidade de adaptação dos websites, fazendo com que sejam exibidos em qualquer tamanho de tela.

Eis que surge então em 2010 o conceito de Design Responsivo.

Em termos simples, o Design Responsivo usa “media queries” para configurar um tamanho adequado para o site de acordo com a resolução da tela do dispositivo em que está se acessando o site.

Um site responsivo pode ser visualizado tanto em smartphones com telas que resolução mínima, como em notebooks, computadores de mesa ou mesmo em TVs, retina displays e browsers de videogames, entre outros.

A grande sacada do Design Responsivo é programar o layout de um site de forma que ele se adapte em cada resolução de tela independente da plataforma que se esteja utilizando, e o principal desafio é saber ‘que tipo de conteúdo é acessado em cada dispositivo’, e assim desenvolver a melhor experiência do usuário para cada tipo de navegação.

Um fato é que seria praticamente inviável criar um site para cada um desses dispositivos, já que hoje em dia até “torradeiras” acessam a web.

Podemos dizer que o ano de 2013 está sendo o ano do design responsivo, pois a quantidade de vendas de tablets e smartphones continuam aumentando a cada dia.

 

Fonte: Design.blog